Edílson Ferreira do Carmo, conhecido como “Dilsinho”, participa de mais um julgamento nesta quinta-feira (26) no fórum do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) em Contagem.

Ele é suspeito de participar do assassinato de um agente penitenciário em 28 de setembro de 2010, próximo à penitenciária Nelson Hungria.

Publicidade

Edílson já foi condenado a 236 anos de prisão por outros crimes, como homicídio doloso e tráfico de drogas.

Fuga

Nessa segunda-feira (23), Edílson foi preso em São Paulo por uma força tarefa composta por agentes da Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Federal e Polícia Rodoviária.

Ele estava foragido desde o dia 20 de fevereiro quando fugiu de uma penitenciária em Juiz de Fora, na Zona da Mata.

Edílson foi localizado e preso dentro de um hospital quando se preparava para fazer uma cirurgia plástica.


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here